Lulla Oliveira é compositor, multi-instrumentista e guitarrista.

Seu primeiro contato intenso com a música aconteceu aos 13 anos de idade, quando “teve uma revelação quase mística” ao assistir ao vivo um show de Hermeto Pascoal. Lulla Oliveira decidiu então que queria ser músico e que se dedicaria a fazer aquele tipo de música: brasileira, livre e contemporânea.

Neste mesmo ano, em 1979, Lulla começa a estudar violão erudito e popular – além de “devorar” tudo sobre música que lhe caía nas mãos, de Hermeto a Pierre Boulez, Stravinsky e Schoenberg, de Miles Davis ao cancioneiro folclórico brasileiro. Aos 17, muda-se para Juiz de Fora, onde seguiu estudando violão erudito, composição e arranjo na Escola Pró-Musica.

Dois anos depois, Lulla Oliveira vai pela primeira vez a Salvador, a fim de pesquisar a obra musical e os instrumentos-esculturas (“plásticas sonoras”, feitos a partir de cabaças e cordas) do compositor suíço Anton Walter Smetak. Neste mesmo período, começa a gravar e registrar em partituras as melodias e ritmos tradicionais do Candomblé, através de pesquisas feitas diretamente em terreiros tradicionais da Bahia.

Em 1989, Lulla vai viver em São Paulo e passa a trabalhar como músico profissional para diversas bandas e em estúdios de gravações. A partir de 1992, começa a estudar estética e composição erudita contemporânea no Instituto de Estudos Avançados da USP, com aulas ministradas pelo compositor, professor e musicólogo alemão Hans-Joachim Koellreutter, anteriormente professor de Tom Jobim, Paulo Moura, entre outros.

Durante todos estes anos, Lulla Oliveira aprofunda-se em pesquisa sonora e registro de partituras da música afro-brasileira e suas origens, e também os desdobramentos da musicalidade africana nas Américas, particularmente o movimento do Blues e Jazz nos Estados Unidos. Em 2006, Lulla estudou composições e improvisações jazzísticas com especialização em guitarra, com o professor e instrumentista Marcos Amorim.

Com esta vasta experiência e matéria-prima, Lulla Oliveira construiu um estilo próprio de virtuosismo com naturalidade ao criar uma sonoridade universal e ao mesmo tempo profundamente brasileira. Sua música está comprometida com a criatividade e mescla influências na fusão de ritmos afro-brasileiros e melodias do jazz.

Devido ao trabalho conjunto da gravação do CD "Makumba de Butique Sonora", o lançamento do songbook "Ritmos do Candomblé" e da gravação do DVD ao vivo no Teatro Rival Petrobras, no Rio de Janeiro, Lulla Oliveira recebeu, em 2008, a moção de congratulação como representante de destaque da cultura afro-brasileira na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro.

Você é assessor de imprensa?

CONTATO

Claudia Menezes
Empresária e assessora de imprensa

claudia_menezes1@hotmail.com
Skype:claudia_menezes11

Telefone: + 351 965570233 

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

Lulla Oliveira - Todos os direitos reservados

© 2016 por VINICIUX DESIGN.