Projeto Afro-Jazz Instrumental

“O que seria equivalente ao jazz se suas raízes houvessem sido afro-brasileiras?”

Esta é a pergunta que conceituou todo o projeto do multi-instrumentista Lulla Oliveira. Sua linha rítmica é única: funde a riqueza das melodias tradicionais do Candomblé ao jazz moderno, com influências da capoeira, do maculelê, samba de roda e jongo e da música contemporânea erudita. A estréia do projeto Afro-Jazz Instrumental aconteceu nos dias 09 e 10 de setembro, no Teatro Rival Petrobrás, onde foram lançados o álbum “Makumba de Butique Sonora” e o songbook “Ritmos do Candomblé”, além da gravação de um DVD ao vivo. O músico Lulla Oliveira reuniu no palco os grandes nomes da música instrumental brasileira, Naná Vasconcelos, Carlos Malta e Paulo Moura, em um encontro inédito.

“Foi maravilhoso participar deste show pela qualidade do trabalho de Lulla Oliveira. Suas composições saem do cotidiano, os arranjos são originais. A música de Lulla vem da raiz afro-brasileira e transita pelo pop e pelo mundo da música improvisada, em busca de uma música universal. Gosto de estar no meio de quem procura uma nova linguagem musical”, ressaltou Naná Vasconcelos.

O CD “Makumba de Butique Sonora” é instrumental e representa o jazz brasileiro nascido nas tradições afro. Lulla Oliveira acredita que “se tivesse nascido no Brasil, o jazz seria esta combinação de ritmos”. O guitarrista e percussionista extraiu cantigas sacras tradicionais do Candomblé e incorporou ao tema releituras inéditas e sofisticadas – um exemplo é a música “Água e Ouro”, que usou como base a cantiga de Oxum. O álbum traz composições inéditas do multi-instrumentista, com participações especiais de Carlos Malta, Paulo Moura e Luciano Alves. O objetivo de “Makumba de Butique Sonora” é garantir que o público descubra a riqueza rítmica e melódica do Candomblé como legítima expressão artística, de ampliada aceitação do público mais exigente:

“Meu show conta a história da origem dessa fusão musical com muita harmonia rítmica e um grande espetáculo. O resultado é culturalmente moderno, mas ao mesmo tempo baseia-se na mais pura tradição dos ritmos e melodias do universo musical afro-brasileiro”, analisa Lulla Oliveira.

RITMOS DO CANDOMBLÉ

SONGBOOK

Pela primeira vez, os ritmos do Candomblé foram reunidos e profissionalmente registrados. Fruto da vivência pessoal do músico Lulla Oliveira e de profundo estudo realizado pela pesquisadora Tânia Vicente, o songbook "Ritmos do Candomblé" vem permeado por textos, imagens e registros de partituras de ritmos do Candomblé e dois CD de áudio, com sua orquestração tradicional para os atabaques e demais instrumentos.

MAKUMBA DE BUTIQUE SONORA

CD

O CD “Makumba de Butique Sonora” é instrumental e representa o jazz brasileiro nascido nas tradições afro. Lulla Oliveira acredita que “se tivesse nascido no Brasil, o jazz seria esta combinação de ritmos”. O guitarrista e percussionista extraiu cantigas sacras tradicionais do Candomblé e incorporou ao tema releituras inéditas e sofisticadas – um exemplo é a música “Água e Ouro”, que usou como base a cantiga de Oxum. O álbum traz composições inéditas do multi-instrumentista, com participações especiais de Carlos Malta, Paulo Moura e Luciano Alves. 

BRAZILIAN AFRO JAZZ

DVD - LIVE IN RIO

Este tríplice projeto Brazilian Afro Jazz foi estruturado em três etapas: o lançamento do CD Makumba de Butique Sonora; o Songbok Ritmos do Candomblé onde, pela primeira vez, foram registrados em partituras ritmos tradicionais e que vem servindo como fonte segura de estudos para músicos, maestros e arranjadores no Brasil e em vários países; e o DVD Brazilian Afro Jazz.

CONTATO

Claudia Menezes
Empresária e assessora de imprensa

claudia_menezes1@hotmail.com
Skype:claudia_menezes11

Telefone: + 351 965570233 

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

Lulla Oliveira - Todos os direitos reservados

© 2016 por VINICIUX DESIGN.